Pesquisar este blog

Translate

sexta-feira, 12 de setembro de 2014


Significado do Olho Grego
Muitas pessoas acreditam na existência da força do bem e do mau e que diversos objetos podem influenciar nesse balanço de energia. Dentre os objetos considerados mais poderosos para combater as energias negativas,está o olho grego, também conhecido como olho místico, que é muito utilizado em nossa cultura em carros, pulseiras, anéis, chaveiros e pingentes.


A Origem


Ele teve sua origem de rituais islâmicos e acredita-se que ele é uma espécie de amuleto que espanta o mau olhado e a inveja além de trazer boa sorte.
O nome do amuleto original é Nazar Bancugu. Nazar, emprestado da língua árabe para o Turco, significa “visão” ou “olhar”. Já Bancugu significa “conta” (de rosário).
A história por trás desse nome é uma lenda que conta sobre a existência de uma rocha no mar que nem a força de cem homens e muita dinamite podia removê-la ou rachá-la e também da existência de um homem conhecido por ter muito “olho gordo” (Nazar). Depois de muitos esforços em vão para se quebrar a rocha, trouxeram o homem à rocha que a olhou e disse “Meu Deus! Que rocha enorme!”. No instante que ele disse isto, houve um grande barulho e a rocha rachou em dois pedaços.

A Explicação do Poder

Os turcos acreditam que ao se utilizar o amuleto do olho gordo, você estará automaticamente protegido e toda energia ruim será dirigida ao amuleto e com isso não atingirá você.
A explicação dessa proteção está no uso da cor azul do olho grego vem do fato do azul simbolizar o mau olhado, e por isso, essa seria a cor mais propicia a absorver a negatividade e as energias ruins do ambiente.
Outra explicação, mais histórica, seria o fato desta ser uma cor rara nos olhos da população turca e por isso, o olho grego teria uso dessa cor....Também conhecido como o Olho que Tudo Vê, o olho turco – um único olho humano cercado por feixes de luz – é símbolo do poder observador e protetor de um Ser Supremo. Ele aparece no Grande Selo dos EUA e até em alguns símbolos da Maçonaria, onde representa o Grande Arquiteto do Universo. Função semelhante de proteção foi dada ao Olho de Horus, no Antigo Egito, e ao Terceiro Olho do Buda, na Índia. A fusão de culturas também chegou na elaboração dos amuletos. Como a região que engloba a Turquia coincide com áreas da Europa e do norte da África, onde a ferradura é usada como amuleto de proteção, na Turquia é possível encontrar uma combinação das duas. Ferraduras cobertas por pequenos olhos são as mais comuns...